Filha (versão Neli, a mãe mais apaixonada)

Hoje eu parei pra escrever
Alguma coisa assim sobre você
E simplesmente me deixei levar
Pela emoção de poder lhe falar
Do dia em que você nasceu
Vinda do amor de seu pai e eu
Um lindo presente que o Senhor nos deu
A realidade de um sonho meu
E quando você chorou
Deus me ensinou uma nova canção
Seus olhos de um anjo pequeno
Iam se fazendo minha religião
Coisas que de mim não saem
A primeira vez que me chamou de mãe
Vou lhe confessar agora minha filha
Com você eu aprendi o que é ter família
Vinte e cinco anos faz agora
É de alegria que meus olhos choram
Meu pequeno anjo que agora fascina
Para mim vai ser sempre minha menina
Filha onde você vai
Pode não sobrar um lugar pra mim
Mas tenha certeza que eu vou sempre estar
Perto de você onde quer que vá
Não é que eu vá te vigiar
Não é que eu queira sua dona
Isso é só um cuidado de mãe
Filha eu te amo.